Pular para o conteúdo principal da pagina
mapa mundi iluminado com números não binários

Mercado

Expectativa de aprovação de ETF de Ethereum nos EUA tem potencial para fazer preço do ativo disparar

Publicado por: Broadcast Exclusivo

conteúdo de tipo Leitura4 minutos

Atualizado em

21/05/2024 às 15:11

Por Luana Pavani, do Broadcast

São Paulo, 22/05/2024 - O mundo das criptomoedas está em polvorosa nesta terça-feira, e desta vez o protagonista é o ethereum (ETH). Assim como ocorreu valorização do bitcoin (BTC) nos momentos anteriores à aprovação de fundos ETF (negociados em bolsa) de BTC à vista, em 11 de janeiro, também é esperado um salto na cotação do ethereum com a possível aprovação pela Securities and Exchange Commission (SEC), Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, dos primeiros ETFs baseados nesse ativo. Com uma diferença: especialistas trabalham com a hipótese de que a valorização do ETH será ainda maior do que a do BTC na seara de aprovação de fundos ETF.

A Divisão de Negociação e Mercados da SEC pediu a gestores de ativos, na manhã dessa segunda-feira, que atualizem documentos de solicitações, os chamados registros "19b-4" e os reenviem com as alterações, de acordo com fontes ouvidas pela agência Dow Jones. Espera-se que os registros 19b-4 atualizados, que normalmente buscam a permissão da SEC para alterar seus manuais de regras para permitir a listagem de um novo tipo de ETF, entrem em vigor nos próximos dias.

O ETH tende a se valorizar mais do que o bitcoin na eventualidade da aprovação de seus ETFs "e em múltiplos muito maiores", afirma Courtnay Guimarães, cientista-chefe de meta economia e blockchain da consultoria Avanade Brasil.

Diferentemente do Bitcoin que é um ativo por si próprio, o ethereum é um ecossistema, com milhares de aplicações na rede (blockchain) própria, e sua comunidade não é tão especulativa, conta o consultor.

Entenda: Criptomoeda, token, NFT: conheça os termos para investir em criptoativos

Como o ethereum é um ativo com externalidade de rede encadeada, o ativo se valoriza junto com as aplicações que rodam na sua blockchain própria, por exemplo, tokens de usos diversos. "O ETH deve se valorizar de forma mais agressiva porque é como catraca de bicicleta, vai sendo alavancado pela valorização de seus ativos subjacentes", explica ele, citando que o ETH "é quase um tíquete" para rodar as mais de 290 mil aplicações que existem na rede própria.

Até ontem, a alta do ETH, em torno de 7% até o meio da tarde, tinha mais a ver com o fechamento das posições vendidas, antes dos rumores sobre análise pela SEC dos fundos ETF de ethereum. Se a SEC confirmar essa intenção, o mercado institucional (leia-se: grandes bancos e fundos de investimento) deve elevar a demanda por ETH, que por sua vez está mais escasso do que na época "bull" (altista) do universo cripto, em 2020-2021. Isso porque em setembro de 2022 ocorreu uma atualização da rede com efeito deflacionário, o chamado proof of stake (prova de conceito).

Para Rodrigo Cohen, analista de investimentos e co-fundador da Escola de Investimentos, a eventual autorização da SEC para ETFs de ethereum populariza esse tipo de investimento no universo cripto. "É um movimento positivo para o investidor pessoa física, uma abertura de portas, até para quem tinha pé atrás quanto a cripto. Com os ETFs é um jeito mais fácil de investir, não precisa abrir conta numa exchange, por exemplo", diz Cohen, que afirma ter deixado de operar criptomoedas diretamente e hoje possui cotas de fundos e ETFs. "Além disso, fundos são geridos por profissionais experientes no mercado, que acompanham as tendências. Isso pode ser um diferencial para quem não tem tempo ou conhecimento para fazer suas próprias análises", comenta Cohen.

O analista comenta que no mercado cripto as apostas agora são de 65% de chance de aprovação. "Ethereum é uma moeda que pode, inclusive, superar o Bitcoin em valor. E, hoje, seu custo de aquisição é muito mais baixo", afirma. Às 13h40 desta terça-feira, o ethereum apontava alta de 21,65% nas últimas 24 horas, cotado a US$ 3,793 mil, conforme a tela da Binance, ao passo que o bitcoin no mesmo horário subia 3,55%, a US$ 70,168 mil.

Para André Franco, head de Research do Mercado Bitcoin, as notícias de possível aprovação de ETF do ethereum são "uma grande surpresa", já que, acompanhando os dados dos investidores institucionais nas últimas três semanas o fluxo era de saída dos "produtos" nessa rede, na Europa, Brasil e outras partes do mundo que já têm algum tipo de ETF de ethereum.

"Assim, tudo que a gente viu, lá atrás, acontecendo com o bitcoin, não estava acontecendo, até agora, para o ether. Porém, agora essa história mudou: estamos vendo analistas colocando a possibilidade de aprovação em 75% (antes estava 25%), a SEC pedindo atualizações de maneira urgente para as exchanges, e tudo isso caminha para uma possível aprovação do ETF de ether", disse Franco. O palpite dele é que o ETF possa ser aprovado até quinta-feira (23), o que representará "uma nova pernada de alta para todos os ativos."

Quer dar uma nota para este conteúdo?

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência e personalizar os conteúdos de acordo com a nossa

Política de Privacidade.