Pular para o conteúdo principal da pagina
roupas brancas e amarelas em arara

Mercado

Análise Setorial Varejo: Maio 2024

No mês de março, o Índice de Consumo caiu 5,98%, com performance inferior à do Ibovespa.

Publicado por: Análise BB

conteúdo de tipo Leitura6 minutos

Atualizado em

08/05/2024 às 14:22


Anteriormente, alertamos para as sucessivas surpresas negativas em relação ao desempenho do Ibovespa ao longo do primeiro trimestre e para a pressão negativa que a saída de capital estrangeiro continuava a exercer sobre os ativos, de forma geral, o que prosseguiu ao longo do mês de abril.

Já no caso do setor de Varejo, o aumento real do salário mínimo, o pagamento dos precatórios e a redução da Selic têm potencial para impulsionar o consumo das famílias. Entretanto, parte das companhias viram seus papéis serem pressionados pela abertura da curva de juros no período, além da possível desconfiança do mercado em relação à resiliência do setor frente a outros números macro não tão animadores, como a possibilidade da retomada da alta inflacionária (pressionada pelo baixo desemprego), a estabilidade da queda da inadimplência e a leve redução no ritmo de crescimento da concessão de crédito na comparação mensal.

A temporada de resultados do 1T24 começou em abril e a primeira companhia do nosso universo de coberta a reportar seus números foi a Hypera (HYPE3 -10,1%). A empresa apresentou um resultado positivo, acima das nossas expectativas, com geração de fluxo de caixa recorde para o trimestre, aumento de receita e lucro líquido. O destaque positivo ficou para a Casas Bahia (BHIA +1,0%), que entrou com um pedido de recuperação extrajudicial para implementar um reperfilamento de dívidas financeiras no montante de R$ 4,1 bilhões. Entendemos que o movimento é positivo para a companhia, dado que eleva o prazo médio da dívida de 22 para 72 meses, o que alivia a pressão do endividamento de curto prazo e permite à gestão concentrar esforços na execução das alavancas operacionais do Plano de Transformação.

Em maio, a temporada de resultados continua, com Pague Menos divulgando seus resultado dia 06, RD Saúde, dia 07, Casas Bahia, Grupo Mateus e Lojas Renner, dia 08, Magazine Luiza, dia 09 e Natura & Co, dia 13, todas após o fechamento do mercado. Nossas expectativas são de resultados melhores que os do mesmo período do ano anterior, impactados especialmente pelas performances de vendas de janeiro e fevereiro.

Desempenho Ações Varejistas de Companhias Cobertas - Abril 2024

Disclaimer

Este é um relatório público e foi produzido pelo BB-Banco de Investimento S.A. (“BB-BI”). As informações e opiniões aqui contidas foram consolidadas ou elaboradas com base em informações obtidas de fontes fidedignas e de boa-fé, tendo sido tomadas medidas razoáveis para assegurar sua exatidão no momento de publicação. Contudo, o BB-BI não garante que tais dados sejam totalmente isentos de distorções e não se compromete com a veracidade dessas informações. Todas as opiniões, estimativas e projeções contidas neste documento referem-se à data presente e derivam do julgamento de nossos analistas de valores mobiliários (“analistas’), podendo ser alteradas a qualquer momento sem aviso prévio. O BB-BI não garante o lucro e não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas nesse material, que tem por finalidade apenas informar e servir como instrumento que auxilie a tomada de decisão de investimento, não devendo ser  interpretado como material promocional, recomendação, oferta ou solicitação de oferta para comprar ou vender quaisquer títulos e valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao capital investido. A rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. Nos termos do art. 22 da Resolução CVM 20/2021, o BB-BI, em conjunto com o Conglomerado Banco do Brasil S.A. (“Grupo”), declaram que (i) podem ser remunerados por serviços prestados ou possuir relações comerciais com a(s) empresa(s) analisada(s) neste relatório ou com pessoa natural ou jurídica, fundo ou universalidade de direitos, que atue representando o mesmo interesse dessa(s) empresa(s); (ii) podem possuir participação acionária direta ou indireta, igual ou superior a 1% do capital social da(s) empresa(s) analisada(s), e poderão adquirir, alienar ou intermediar valores mobiliários da(s) empresa(s) no mercado.

Quer dar uma nota para este conteúdo?

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência e personalizar os conteúdos de acordo com a nossa

Política de Privacidade.