Pular para o conteúdo principal da pagina
cartela de remédios amarelos em fundo amarelo

Mercado

Ouro Fino reverte prejuízo e tem lucro ajustado de R$ 8,8 milhões no 1º trimestre

Publicado por: Broadcast Notícias

conteúdo de tipo Leitura3 minutos

Atualizado em

10/05/2024 às 13:43

A Ouro Fino Saúde Animal teve lucro líquido ajustado de R$ 8,8 milhões no primeiro trimestre deste ano, informou a companhia na quinta-feira, 9, depois do fechamento do mercado financeiro. Em igual período do ano passado, a empresa teve prejuízo de R$ 3,4 milhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado no primeiro trimestre cresceu 706,1% na comparação anual, para R$ 24,2 milhões. Já a receita líquida aumentou 6,7%, para R$ 178,4 milhões.

Segundo a Ouro Fino, o lucro líquido é reflexo da retomada do crescimento de receitas e lucro bruto e das reduções nas despesas gerais e administrativas.

A unidade de negócio de animais de produção apresentou receita líquida de R$ 125,5 milhões no primeiro trimestre de 2024, aumento de 12,7% em relação a igual período do ano passado.

A Ouro Fino lembrou que o segmento foi dividido em duas diretorias: bovinos e equinos e aves e suínos.

"O crescimento de vendas da unidade de negócio já reflete o maior foco das operações e foi impactado positivamente pelo desempenho do segmento de aves e suínos, que tem como característica um perfil mais técnico, de grandes granjas e B2B", disse a empresa em comunicado. "Em bovinos e equinos, crescemos em volume de vendas dos produtos de linha, no entanto registramos vendas abaixo do esperado na linha de produtos para reprodução."

Em animais de companhia, a receita líquida aumentou 16,3%, para R$ 33,9 milhões. "Conforme vínhamos relatando nos trimestres anteriores, o mercado de animais de companhia vinha passando por um processo de desaceleração que levaria o crescimento aos níveis pré-pandemia", disse a Ouro Fino. "No primeiro trimestre pudemos identificar com maior clareza essa estabilização e que nos permitiu registrar, pelo segundo trimestre consecutivo, crescimento de dois dígitos nas receitas da unidade de negócio."

A receita líquida nas operações internacionais caiu 28,8% ante o primeiro trimestre de 2023, para R$ 19 milhões.

Segundo a companhia, o desempenho ficou abaixo do esperado no México e na Colômbia. Além disso, para os demais países, houve uma redução dos volumes de vacina contra febre aftosa, disse a Ouro Fino.

O resultado financeiro líquido no primeiro trimestre de 2024 ficou negativo em R$ 1,2 milhão, em comparação a um resultado negativo de R$ 4 milhões um ano antes.

Quer dar uma nota para este conteúdo?

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência e personalizar os conteúdos de acordo com a nossa

Política de Privacidade.