Pular para o conteúdo principal da pagina
pessoa escrevendo em tela com gráficos do mercado financeiro

Mercado

Lucro líquido recorrente da B3 cai 7,1% em 12 meses, para R$ 1,130 bi no 1º trimestre

Publicado por: Broadcast Notícias

conteúdo de tipo Leitura3 minutos

Atualizado em

10/05/2024 às 10:38

A B3 reportou lucro líquido recorrente de R$ 1,130 bilhão no primeiro trimestre de 2024, queda de 7,1% em comparação com o mesmo intervalo de 2023, mas uma alta de 6,9% frente ao quarto trimestre do ano passado.
O lucro líquido atribuído aos acionistas, que exclui itens não recorrentes, ficou em R$ 949,5 milhões, uma queda de 12,8% em 12 meses e alta de 3,7% no comparativo trimestral.

O Ebitda recorrente somou R$ 1,573 bilhão no primeiro trimestre, queda de 3% na comparação anual e alta de 7,8% em relação ao quarto trimestre. A margem Ebtida caiu para 71,3% no primeiro trimestre, 214 pontos-base abaixo do primeiro trimestre de 2023 e 618 pontos-base acima do quarto trimestre.

As receitas totais somavam R$ 2,466 bilhões, 0,2% acima do primeiro trimestre de 2023 e 1,1% abaixo do quarto trimestre.

O segmento listado, a maior contribuição para as receitas, que representaram 56,7% do total, registrou R$ 1,398 bilhão, queda de 9,1% em 12 meses.

No mercado de balcão, as receitas cresceram 13,2% em 12 meses para R$ 395,8 milhões, representando 16% do total.

Em tecnologia, dados e serviços, as receitas subiram 10,5% para R$ 509,8 milhões (20,7% do total). As receitas com infraestrutura para financiamento subiram 33,7% para R$ 148 milhões (6% do total), explicado principalmente pelas receitas provenientes da plataforma desenvolvida pela B3 para o programa Desenrola, além do crescimento de 21,4% no número de veículos financiados.

Leia também: Mercado de ações: tudo o que você precisa saber

Quer dar uma nota para este conteúdo?

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência e personalizar os conteúdos de acordo com a nossa

Política de Privacidade.