Pular para o conteúdo principal da pagina
vacas malhadas soltas na natureza

Mercado

JBS (JBSS3) tem lucro líquido de R$ 1,646 bi no 1º trimestre e reverte prejuízo registrado há um ano

Publicado por: Broadcast Notícias

conteúdo de tipo Leitura3 minutos

Atualizado em

14/05/2024 às 19:11

A JBS (JBSS3) encerrou o primeiro trimestre de 2024 com lucro líquido de R$ 1,646 bilhão, revertendo o prejuízo líquido de R$ 1,453 bilhão registrado no igual período de 2023, informou a empresa. A receita líquida foi de R$ 89,147 bilhões, alta de 2,8% em relação ao primeiro trimestre de 2023, quando havia sido de R$ 86,684 bilhões. Já o Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) cresceu 197,3%, de R$ 2,162 bilhões para R$ 6,429 bilhões. Já a margem Ebitda passou de 2,5% para 7,2%.

A dívida líquida da companhia fechou o primeiro trimestre em R$ 79,269 bilhões, 4,9% menor ao que havia sido reportado em igual trimestre de 2023, de R$ 83,343 bilhões. Em dólares, a dívida líquida caiu 3,3% em igual período, de US$ 16,405 bilhões para US$ 15,686 bilhões.

Já a alavancagem, medida pela relação entre dívida líquida e Ebitda, ficou em 3,70 vezes em reais e em 3,66 vezes em dólares, contra 3,13 vezes e 3,15 vezes, respectivamente, um ano antes. O resultado financeiro líquido da empresa ficou negativo em R$ 1,727 bilhão, contra um resultado também negativo de R$ 1,554 bilhão no primeiro trimestre de 2023.

Desempenho por unidades

Por unidade de negócio, o Ebitda ajustado da Seara subiu 711,1%, seguido por USA Pork, com alta de 569,8%, JBS Brasil, que cresceu 116,9%, e Pilgrim's Pride, com incremento de 77,7%. O Ebitda ajustado da JBS Beef North America ficou negativo em R$ 48,6 milhões, enquanto a JBS Austrália reverteu a queda do primeiro trimestre de 2023 para uma alta de R$ 614 milhões.

No primeiro trimestre do ano, a Seara teve receita líquida de R$ 10,317 bilhões, 0,1% inferior à do igual período do ano anterior. A companhia atribui o resultado aos preços e aos volumes estáveis na comparação anual. As vendas no mercado doméstico, que responderam por metade da receita da unidade no primeiro trimestre, totalizaram R$ 5,2 bilhões, 0,5% superior ao igual período de 2023. No mercado externo, a receita líquida em dólares atingiu US$ 1 bilhão, aumento de 4%, impulsionada pelo crescimento de 7% nos preços médios em dólar, já que os volumes foram 3% inferiores na comparação anual.

A JBS Brasil apresentou receita de R$ 14,234 bilhões, alta de 16,7% ante o primeiro trimestre de 2023. A JBS disse que, no mercado doméstico, a receita na categoria de carne bovina in natura cresceu 11%, como consequên)cia do maior volume vendido no período. "Esse crescimento é atribuído principalmente ao ciclo favorável pecuário, resultando em maior disponibilidade de animais para abate", disse.

Na América do Norte, a receita líquida no período foi de R$ 27,6 bilhões, 1% a mais em relação ao primeiro trimestre, com um Ebitda ajustado de R$ 11,4 milhões e margem de 0,2%.

Quer dar uma nota para este conteúdo?

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência e personalizar os conteúdos de acordo com a nossa

Política de Privacidade.