Pular para o conteúdo principal da pagina
foto de bandeira eua wall street

Economia

Fed decide manter taxas dos Fed funds em 5,25% a 5,50% ao ano

Publicado por: Broadcast Notícias

conteúdo de tipo Leitura5 minutos

Atualizado em

16/05/2024 às 11:31

Por André Marinho, Francine De Lorenzo, Gabriel Bueno da Costa, Gabriel Tassi Lara, Maria Lígia Barros e Patricia Lara, especial para o Broadcast

São Paulo, 20/03/2024 - O Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do Federal Reserve (Fed) manteve a taxa dos Fed Funds em 5,25% a 5,50% ao ano, em comunicado divulgado há pouco. A decisão foi unânime e está em linha com as expectativas do mercado.

  • O Fed ainda manteve a taxa de juros paga sobre saldo de reserva em 5,4%, decisão que entra em vigor a partir de amanhã, e a taxa de desconto ficou inalterada em 5,50% ao ano.

Dados recentes sugerem que a atividade econômica dos Estados Unidos têm se expandindo em ritmo sólido, diz o comunicado divulgado há pouco. Os ganhos do trabalho permaneceram fortes e a taxa de desemprego permaneceu baixa. A inflação diminuiu, mas permanece elevada.

O Fomc considera que os riscos para alcançar as suas metas de emprego e inflação estão evoluindo para um melhor equilíbrio. As perspectivas econômicas são incertas e o comitê continua muito atento aos riscos de inflação, diz o comunicado.

A mediana da projeções dos dirigentes do Federal Reserve (Fed) para a inflação nos Estados Unidos medida pelo índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) ficou inalterada para 2024, mas subiu para 2025. Para 2026 e no longo prazo não houve alteração.

A estimativa para 2024 seguiu em 2,4%, mesmo patamar de dezembro. Para 2025, a mediana subiu de 2,1% para 2,2%. As medianas de 2026 e de longo prazo permaneceram em 2,0%.

A mediana das projeções para o núcleo do PCE (que exclui itens voláteis, como alimentos e energia) em 2024 subiu de 2,4% para 2,6%. A mediana de previsão para 2025 seguiu em 2,2%. Para 2026, se manteve em 2,0%. Não há projeções para o núcleo do PCE no longo prazo.

Leia também: 'Super quarta' é dia de saber como ficarão os juros no Brasil e nos EUA

  • Na quarta-feira, logo após o anúncio da taxa de juros pelo Copom, os analistas do Banco do Brasil comentam os principais pontos da decisão. Acesse o canal do BB no YouTube e ative as notificações pra não perder.
Arte azul convidando para videocast InvesTalk

Quer dar uma nota para este conteúdo?

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência e personalizar os conteúdos de acordo com a nossa

Política de Privacidade.