Pular para o conteúdo principal da pagina
mulher ruiva segurando celular

Mercado

Febraban orienta clientes a dar prioridade a canais digitais por tragédia no Rio Grande do Sul

Publicado por: Broadcast Notícias

conteúdo de tipo Leitura3 minutos

Atualizado em

24/05/2024 às 17:09

Por Crisley Santana, especial para o Broadcast

São Paulo, 24/05/2024 - A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) orienta que os clientes dos bancos no Rio Grande do Sul priorizem atendimento por canais digitais para evitar deslocamentos diante das dificuldades de mobilidade causadas pelas enchentes e garantir maior segurança. As agências bancárias devem ser procuradas apenas em situações imprescindíveis.

  • Usando os aplicativos das instituições financeiras, é possível realizar diversas operações, como pagamento de contas, consulta de saldos e extratos, transferências, agendamento de pagamentos e contratação de serviços e empréstimos, entre outros serviços.

As agências estão em operação, apesar da decretação do estado de calamidade pública, com exceção das que se encontram em locais de risco ou com problemas estruturais, fechadas de forma preventiva, de acordo com a Febraban. As que foram afetadas pelas enchentes, deverão ter a retomada do atendimento quando possível.

Doações

Os bancos associados à entidade já doaram R$ 144,6 milhões para auxiliar no socorro às vítimas das enchentes no Estado, conforme divulgado pela Febraban na sexta-feira, 17. As doações foram feitas por Itaú Unibanco, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Santander Brasil, BTG Pactual, Safra, UBS e Pine.

Além disso, os bancos adotaram medidas emergenciais, como a pausa em pagamentos e a renegociação de dívidas.

"A Febraban e seus bancos associados manifestam profundo pesar às vítimas das chuvas históricas que atingem o Rio Grande do Sul, se solidarizam com as famílias atingidas pela catástrofe e se somam aos esforços das autoridades para o atendimento emergencial da população", nota a entidade.

De acordo com a Febraban, esse apoio se soma a outras doações do setor bancário às vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul ocorridas em 2023, quando foram doados mais de R$ 4 milhões para auxílio no socorro aos moradores.

Contato: crisley.silva@estadao.com

Quer dar uma nota para este conteúdo?

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência e personalizar os conteúdos de acordo com a nossa

Política de Privacidade.