Pular para o conteúdo principal da pagina

Mercado

Embraer tem prejuízo líquido ajustado de R$ 63,5 mi no 1º trimestre, redução de 86% ante 1 ano

Publicado por: Broadcast Notícias

conteúdo de tipo Leitura3 minutos

Atualizado em

07/05/2024 às 10:23

A Embraer registrou prejuízo líquido ajustado de R$ 63,5 milhões no primeiro trimestre de 2024. O número representa uma redução de 86% em relação ao resultado negativo de R$ 460,5 milhões reportado no mesmo período do ano passado.

O lucro líquido atribuível aos acionistas da Embraer e o lucro líquido por ADS foram de R$ 142,7 milhões e R$ 0,1943 nos três primeiros meses de 2024, comparados a prejuízos de R$ 368,3 milhões e R$ 0,5014, respectivamente, entre janeiro e março de 2023.

O Ebitda ajustado da companhia somou R$ 233,7 milhões, mais do que quadruplicando o resultado de R$ 53,9 milhões do primeiro trimestre de 2023. A margem Ebitda ajustada ficou em 5,3% ante 1,4% um ano antes.

O Ebit ajustado ficou em R$ 33,8 milhões, revertendo o número negativo em R$ 163,9 milhões do mesmo período do ano passado. A margem Ebit ajustada ficou em 0,8% ante 4,4% negativos no primeiro trimestre de 2023.

Já as receitas líquidas totalizaram cerca de R$ 4,5 bilhões no trimestre, alta de 19% em relação ao ano anterior. A companhia destaca o desempenho do segmento de Aviação Executiva, com crescimento de 2,6 vezes ano sobre ano - a maior receita e número de entregas para um primeiro trimestre dos últimos 8 anos.

A carteira total de pedidos atingiu US$ 21,1 bilhões - o maior nível dos últimos 7 anos. A da Aviação Comercial registrou um aumento de US$ 2,3 bilhões (+26% em relação ao trimestre anterior).

Quer dar uma nota para este conteúdo?

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência e personalizar os conteúdos de acordo com a nossa

Política de Privacidade.