Pular para o conteúdo principal da pagina
profissionais de obra observando estrutura de construção civil

Mercado

Cyrela tem Lucro líquido de R$ 267 milhões no 1º trimestre, alta de 62,8%

Publicado por: Broadcast Notícias

conteúdo de tipo Leitura3 minutos

Atualizado em

10/05/2024 às 09:35

A Cyrela Brazil Realty apresentou lucro líquido de R$ 267 milhões no primeiro trimestre de 2024, aumento de 62,8% em relação ao mesmo período de 2023, de acordo com balanço publicado nesta quinta-feira, 9.

O aumento do lucro está relacionado à expansão dos lançamentos e das vendas nos últimos trimestres, com incremento da receita. Além disso, os resultados foram turbinados por um ganho de cerca de R$ 35 milhões com a venda de ações da Cury, uma das suas investidas.

A receita líquida totalizou R$ 1,573 bilhão, crescimento de 23% na mesma base de comparação anual.

O resultado financeiro (saldo entre receitas e despesas financeiras) gerou uma receita de R$ 13 milhões, que foi 71% menor na comparação anual.

A margem bruta caiu 2,3 pontos porcentuais, para 31,4% - devido ao maior volume de venda de imóveis prontos e menos rentáveis no período. A margem bruta ajustada (excluindo juros apropriados no custo) teve alta de 0,4 p.p, indo a 33,1%, e a margem líquida cresceu 4,2 p.p., para 17,0%.

As despesas comerciais atingiram R$ 154 milhões, expansão de 8%, enquanto as despesas gerais e administrativas foram de R$ 107 milhões, alta de 10%.

A Cyrela também reportou geração de caixa de R$ 130 milhões, ajudada pela venda de ações da Cury.

A dívida líquida contábil no fim do primeiro trimestre era de R$ 308 milhões, um aumento de 142% em um ano. A incorporadora tem R$ 4,5 bilhões em caixa e outras disponibilidades. A alavancagem (medida pela relação entre dívida líquida e patrimônio líquido) é de 8,8%.

Operacional

A Cyrela começou o ano em ritmo forte, conforme já havia mostrado no seu balanço operacional. A incorporadora lançou nove empreendimentos no primeiro trimestre de 2024, que somaram um valor geral de vendas (VGV) de R$ 1,195 bilhão, alta de 37% na comparação com o mesmo período de 2023.

As vendas totalizaram R$ 1,577 bilhão, alta de 43% na mesma base de comparação. O destaque no período, segundo a empresa, foi o residencial La Isla, no Rio de Janeiro, com VGV de R$ 500 milhões, dos quais 90% já vendidos.

Acompanhe a temporada de balanços no InvesTalk

Em sua apresentação de resultados, a Cyrela classificou os resultados operacionais no trimestre como bastante "sólidos". A companhia observou, porém, que houve uma certa deterioração no cenário macroeconômico. Ainda assim, reafirmou que está preparada para continuar "entregando resultados positivos, com foco projeto a projeto".

Quer dar uma nota para este conteúdo?

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência e personalizar os conteúdos de acordo com a nossa

Política de Privacidade.