Pular para o conteúdo principal da pagina
plataforma de petroleo sob o mar

Mercado

Ceron: projeção considera cenário provável de distribuição de 100% dos dividendos da Petrobras

Publicado por: Broadcast Notícias

conteúdo de tipo Leitura3 minutos

Atualizado em

23/05/2024 às 09:18

O secretário do Tesouro Nacional, Rogério Ceron, afirmou que a projeção de receitas do governo no novo relatório bimestral divulgado nesta quarta-feira, 22, considera que a Petrobras vai distribuir 100% dos dividendos extraordinários, o que vai gerar R$ 13 bilhões para o caixa da União em 2024. Até o momento, o Conselho de Administração da empresa só liberou metade dos dividendos extra.

Ceron disse, contudo, que as considerações do CA da Petrobras e dos registros em ata dão a indicação de distribuição ao longo do exercício.

"Consideramos cenário provável de distribuição de 100% dos dividendos da Petrobras", afirmou o secretário, explicando que dos R$ 14,3 bilhões em aumento projetado para as receitas de dividendos e participações, R$ 13 bilhões são em razão da Petrobras.

Ceron rejeitou a avaliação de que a previsão da equipe econômica de receber sua parcela de 100% dos dividendos extraordinários da Petrobras neste ano se trate de uma pressão do governo sobre a companhia.

"Tanto a ata do Conselho de Administração quanto a assembleia citam ao longo do exercício de 2024. E isso no nosso entendimento é suficiente para considerar o cenário de distribuição de 100% como provável. Não se trata de nenhum tipo de pressão. A equipe econômica tem sido muito cuidadosa com todos os assuntos, é simplesmente um cenário considerado provável. Se houver fato relevante ou nova indicação que indique novo cenário... Mas hoje a indicação é de que a distribuição é provável", respondeu Ceron.

Quer dar uma nota para este conteúdo?

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência e personalizar os conteúdos de acordo com a nossa

Política de Privacidade.